PERGUNTAS FREQUENTES - FAQ





  • Quem pode fazer parte desta plataforma?


    Todas as pessoas que o queiram e se identifiquem com os seus ideais, a liberdade de expressão e de pensamento.

    Está aberto a todas as pessoas que professem qualquer tipo de ideologia e às pessoas que gostam de agir livremente sem impedimentos, somente manietados pela sua consciência.

    Baseia-se, no princípio, que todos os cidadãos têm a garantia de não serem impedidos de exercer o direito de opinar, participar, sem coerção ou qualquer tipo de constrangimento partidário.

    Tem por finalidade abrir novos caminhos à participação dos cidadãos, criar novas formas de interessar as pessoas pela vida politica e a reflexão sobre temas que estejam na ordem do dia na nossa sociedade actual ou problemas do Mundo Contemporâneo: responsabilidade ecológica, direitos humanos e globalização, voluntariado e novas dinâmicas da sociedade civil, dessacralização do Mundo e perda de sentido, paz mundial e diálogo inter-religioso, racismo e xenofobia e manipulação e meios de comunicação de massas.




    Pessoas que militam em partidos políticos podem fazer parte desta plataforma?


    Esta plataforma não é incompatível com pessoas que militam em partidos. Poderá sê-lo aquando das eleições autárquicas de 2021 na feitura de listas e campanha eleitoral. Até lá, não há nada que impeça uma pessoa militante de um partido participar na plataforma quer em reuniões quer em sugestões para a melhorar.




    Há algumas obrigações?


    Esta plataforma não tem custos nem obrigações. Os compromissos serão assumidos de livre vontade e por iniciativa das pessoas. A informação pessoal de cada um, dos registos desta plataforma, será usada exclusivamente para ser informado ou participar nas actividades da Plataforma de Candidatura à CM Matosinhos 2021 – Matosinhos Independente.

    Apenas respeitar os ideais que estão subjacentes à sua criação e às decisões tomadas.




    Qual a sua finalidade?


    É um movimento social que tem por finalidade poder concorrer à CM Matosinhos, nas eleições autárquicas em 2021.

    Está contra uma sociedade civil apática, quer tornar-se um local de debate e cultura, com uma metodologia e formato próprios, dando voz a quem não tem possibilidades de fazer-se ouvir.

    Usa o pensamento como uma "arma" através da análise e discussão fomentando o contraditório. Dá grande ênfase a quem assiste aos seus encontros e participação no site.

    Procura agir de forma livre não estando ao serviço de qualquer interesse específico, sendo independente e apartidário.

    Procura agir em benefício da sociedade civil e do interesse público. Trata de problemas do mundo contemporâneo: responsabilidade ecológica; direitos humanos e globalização; desporto; meios de comunicação social; novas dinâmicas da sociedade civil; política; etc.

    Dá a sua quota-parte para a formação de pensar autónomo, incentivando o desenvolvimento de uma atitude crítica, condição para que se assuma, em liberdade e autenticidade, a condição de pessoas responsáveis no mundo.




    O que somos?


    A Plataforma de Candidatura à CM Matosinhos 2021 é uma plataforma de informação, que tem por finalidade concorrer às eleições autárquicas em Matosinhos em 2021. Todavia esse desiderato pode ou não verificar-se, isso, depende do empenho e capacidade das pessoas que se envolverem neste projecto. Nenhum general sozinho consegue vencer uma batalha. E, esta batalha é ciclópica a vários níveis. Esta plataforma vai apresentar uma variedade de perspectivas sobre todas as principais questões de Matosinhos e em muitas outras que afectam as nossas vidas.

    Esta plataforma quer levar as pessoas a irem votar e procurarem estar informadas e esclarecidas. Temos que tornar Matosinhos mais mediático, mais esclarecido, mais culto e mais interventivo.

    Matosinhos tem uma base suficiente para criar um município moderno e de ponta. Temos que ter uma política cultural moderna ilustrada e democrática.

    Criar condições para que haja alternância de poder e, não, sempre o PS a governar quer dentro do partido quer fora do partido.

    Matosinhos tem que ser uma cidade interessante, com muitas possibilidades, aproveitar as suas especificidades e potencialidades. Não se pode perder por superficialidades, tontarias e vaidades.




    Todos os textos desta plataforma não estão fechados, estão abertos a novas ideias e sugestões.
    Os conteúdos apresentados foram elaborados em Junho de 2018.






    Todos os conteúdos estão acessíveis ao público, para serem usados, partilhados, reutilizados, remisturados, tudo de forma legal e livremente desde que seja mencionado a sua fonte e autoria.
    Enquanto organização cívica, valorizamos a ideia de openness, de conectividade além-fronteiras e meios, e procuramos possibilitar a inovação numa era digital.